Comunicação e revolução não violenta

A violência passiva alimenta a violência física. Como apagar um incêndio sem deixar de alimentar o fogo? Há que cessar primeiro a violência passiva. E qual a mudança que eu (também você e cada ser humano) gostaria de ver acontecer no mundo? Porque é isso que devemos nos tornar, sem esperar o outro ser humano começar. Ter iniciativa e seguir os próprios princípios éticos é um começo, mas não tudo. A forma como você lida com a diferença e como você se comunica diariamente também importa.

ROSENBERG, Marshall B. Comunicação não-violenta: técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais. Editora Agora, 2006.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s