“Canibalismo” entre classes

Devaneios..

Ainda bem que a carne humana é impalatável, porque se não teríamos, literalmente, os mais fortes comendo os mais fracos. Mas o canibalismo é comum em outras espécies? Se a seleção fosse puramente individual, haveria maior frequência de canibalismo, não? Pelo menos inter grupos. Qual mecanismo nos impede de praticar o canibalismo, além do moral e culturalmente transmissível?

E uma forma de canibalismo moderno são as gigantes desigualdades socioeconômicas. Os mais fortes são aqueles com mais poder e dinheiro, que comem aos que tiveram menos oportunidades, ou por x razões, são mais fracos, mais pobres. O sucesso reprodutivo passa a ser qualitativo ao invés de quantitativo, já que estamos populosos demais. Nossos nichos estão cada vez menores e mais restritos, e nosso meio ambiente cada vez mais exaurido. Então sim, a estratégia mais adaptativa passaria a ser qualitativa ao invés de quanti.

Só que, assim como os genes que confeririam aptidão física a um indivíduo são uma questão de sorte – ao nascer ele não escolhe ser forte ou fraco, quem serão seus progenitores e quais genes herdará deles – também é a riqueza, pois na maioria dos casos, ou a pessoa nasce em um contexto rico ou nasce em um contexto pobre, e dificilmente consegue mover-se para muito além do que nasceu. Mesmo nos Estados Unidos da América do Norte o sonho americano ocorreu por poucos anos, e apenas para as pessoas que nasciam brancos. Então ser rico, em geral, é mais uma questão de sorte, de riqueza hereditária do que por mérito. Existe muita gente assim, claro. E conheço n casos. Mas paremos pra pensar. É de fato maioria?

E como vem acontecendo esse acúmulo de riqueza nas mãos de poucas pessoas? Oportunidades bem aproveitadas e muita exploração dos outros. Pessoas ‘comendo’ a vida, a felicidade e a liberdade de muitas outras. Quantas pessoas é necessário explorar para manter um rico no topo? Pessoas com alta teoria da mente alcançam melhor seus objetivos. Isso é fantástico! Mas também sabemos que as condições socioeconômicas moldam o contexto de vivências e oportunidades e isso influencia muito o desenvolvimento da teoria da mente.

Além disso outros fatores transformam em abismo a distância entre as classes extremas, como a falta de empatia e compaixão, a existência de viés de grupo e a competitividade. Mecanismo importantes na história da evolução humana, sim. Mas também o é a cooperação e a evolução cultural.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s