Sendo imperfeitamente

(em construção) Tenho convivido cada vez melhor com minhas imperfeições, socialmente ditadas, e portanto me permitido cada vez mais. Isso é muito bom. No meu contexto de mulher brasileira hipersexualizada, é libertador não precisar reforçar esse estereótipo. Posso querer e fazer, mas o fato de não ser obrigada a é incrível. Por que não posso ser uma baranga, não me maquiar e não me importar em atrair os homens?

O que é que tem de errado com as mulheres feias e desleixadas? E se eu não quiser depilar minhas pernas, suvaco? Nada vai acontecer além de você perceber olhares repressores ou de assombro. ahaha é até engraçado. As vezes quero e as vezes não quero me depilar. E daí? E daí seeu quiser usar roupas velhas e gastas e não estar na moda, e quero usar calça e blusa estampada ao mesmo tempo? E DAÍ? 🙂 O kiko outro que não eu mesma tem a ver com isso? Nadinha. E sim, é legal criar uma invocação interna pra não ligar pra quem julga por besteiras assim.

Tipo assim, as vezes quero e as vezes não quero ser sensual. E daí? A luta feminista também é por essas pequenas causas diárias. A mulher não “tem que ser” nada. Ela é o que quiser, desde que esteja bem consigo mesma e lhe seja permitido conhecer um pouco mais sobre o contexto patriarcal que nos rodeia. Mas indo além, o contexto patriarcal não é o mesmo para todas as mulheres, certo? Mulheres brancas da classe baixa, média e alta sofrem diferentes pressões sociais, assim como há diferença entre e dentre as mulheres pretas (sim, a última discussão sobre etnia me fez entender que preto, assim como branco, se refere a cor, e portanto seria mais correto do que negro) de classe alta, média e baixa.

A condição econômica e social influencia enormemente 0 cotidiano e o tipo de pressão que sofremos como espécie e gênero (desenvolver melhor este raciocínio, seus porquês e tals). Além disso, há como diferenciar a estereotipação da mulher no contexto mundial, nacional, estadual, municipal, racial, de classe e particular. É importante que toda mulher possa entender melhor a diferença e semelhança entre todos os seus contextos. A mulher brasileira em geral, por exemplo, é hipersexualizada. A preta muito mais do que a branca. Avalie como as mulheres aparecem na mídia? Pensemos nas propagandas. Quais delas são direcionadas para as mulheres? Aquelas que enfatizam o papel de donas de casa, dependentes, devassas (sim, como a cerveja propositalmente se chama), um prêmio, histéricas. Mas há uma diferença enorme entre ser dona de casa e ser devassa, certo? A cor da pele distingue essas “categorias”? Não necessariamente, certo? Mas sim, frequentemente. Mas o que mais distingue é a boniteza da mulher. Se ela está nos padrões das gostosas elas fazem propaganda de cerveja ou vão ser a Xuxa ou Paquitas. Se elas estão no padrão de certinhas, com cara de tranquilas, elas vão para o papel das donas de casa. As “feias” fazem papel de histéricas e loucas. Mais algum grande grupo que estou esquecendo?

Por que a gostosa não pode fazer o papel de histérica? Na verdade até faz, mas nesse caso geralmente ela também faz o papel de ciumenta e insegura (ahaha lembrando das ridículas novelas da Globo da década passada). Por que a “feia” não pode fazer a propaganda de cerveja sem ter que desempenhar um papel de ridícula? Ou então por que um homem não faz a propaganda de cerveja? Ou dos produtos de limpeza da casa ou alimentos para xs filhxs? Aí se soma um kg de maquiagem em

É um tradicionalismo tão sem pé nem cabeça.. Mas que pasa a ser normal quando muito visto, certo? E todo mundo fica achando engraçado e não extrapola isso para o seu dia a dia real. Todo mundo acha que é com os outros, e não consigo mesmo. Lá vem o auto-engano..

(…) continua.. cansei por hora x)

Boas ideias: http://oucaosilencio.com.br/quando-a-pessoa-toxica-e-voce/

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s